Declinium: Muito mais que uma banda

Quem bem ou mal me conhece, sabe o quanto sou apaixonada pela banda formada em Dias D’Ávila no final da década de 90. A Declinium, com influências do pós-punk, vindo de bandas como Joy Division, Jesus and Mary Chain, Echo and the Bunnymen, entre outras, conta com uma imensidão de fãs, mas não é pra menos.

Quando escutei o som da banda pela primeira vez, eu gostei, gostei bastante; eles possuem o seu diferencial, há algo jamais visto por mim em banda alguma. Inclusive quando saiu o arrebatador EP Marte, passei uns três meses tão focada nele, que só queria saber de escutá-lo o tempo todo, bastava apertar o play e deixar a emoção tomar conta, e hoje não é muito diferente.

Desde o primeiro show pude sentir o poder que eles detinham sobre o plateia ali presente diante daquelas canções, capaz de fazer qualquer um suspirar. Houve uma parte, a qual, foi muito além de todas as minhas expectativas, ou melhor, duas partes; foi quando tocaram ”Sadness, Happiness, Confusion” e ”A Canção da Despedida”, não sei porquê, mas elas foram mais intensas, realmente senti aquilo na alma. Portanto, jamais quis perder qualquer outro show após me sentir tão bem na experiência; já cheguei a ir duas vezes pra Camaçari, cidade onde a banda atualmente reside, para vê-los e eu posso dizer, é diferente assistir a um show lá e aqui em Salvador. Parece que o público te entende melhor, sabe?

Já escutou o EP Marte? Escuta novamente, nunca é demais!

O melhor da Declinium para mim está no fato de um show ser totalmente diferente do outro, é sempre uma emoção diferente envolvida. Eu curto de verdade, curto como se fosse a primeira vez, ou seria a última? Só não tem como deixar o show ir embora sem viver tudo o que tenho direito de viver, mesmo com o desejo de continuidade infinita reinando; não sei, consigo fazer tudo ao mesmo tempo. Simplesmente não vejo apenas uma banda, é um turbilhão de emoções me levando por todos os cantos e cada momento marca tanto, a ponto de deixar as datas permanecerem na memória sendo constantemente lembradas.

A árdua tarefa de se escolher diante inúmeras poesias em forma de música, uma favorita, pode ser algo enlouquecedor. Mas eu, ainda assim, me atrevo a colocar uma acima de todas; levando em conta todos os aspectos, de certa forma ”Sem Destino” tem tanto a ver comigo, mas tanto a ver, que na minha segunda tatuagem fiz o primeiro verso escrito, dando uma volta no meu braço. Bom, a primeira foi a capa do debut álbum do Joy Division, o grandioso ”Unknown Pleasures”, porém este é um assunto a ser comentado num outro dia.

Datas da minha troca de energia com a Declinium: 20/01/2015 (Dubliners Irish Pub – Quanto Vale o Show com Sanitário Sexy), 21/03/2015 (Dubliners Irish Pub – Lançamento do EP da Bilic), 09/07/2015 (Taverna Music Bar – Warm Up Big Bands com Van der Vous), 27/08/2015 (Dubliners Irish Pub com Legião Cover), 20/03/2016 (Estúdio Casarão – Home Pocket Clipoems Rock), 16/04/2016 (John Sebastian Bar – Extra Extra Rock, edição especial. E na véspera do meu aniversário ainda, com Frabin e Mapa), 23/04/2016 (Buk Porão – Poesia, Rock e Esmeril II), 21/06/2016 (Quanto Vale o Show – Especial: Home Pocket Clipoems Rock com Pancreas), 09/07/2016 (Taverna Music Bar – Rock Squad 2 com Jato Invisível, Os Tios e Novelta), 29/07/2016 (John Sebastian Bar – Johnny Rock), 16/09/2016 (The Other Place – Festival Soterorock com Pancreas e Rivermann)

Página no Facebook: https://www.facebook.com/Declinium.Rock/?fref=ts

Anúncios

2 comentários sobre “Declinium: Muito mais que uma banda

  1. Fiquei com ciúmes de suas belas palavras para descrever algo que sinto intimamente, com o som da Declinium.
    Sou de Dias d Ávila, e por aqui apelidamos de Rock Triste, música para chorar.
    Obrigada por ter escrito!!
    O sentimento de não estar só é compartilhar minhas perspectivas com outro alguém é reconfortante.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s