Modus Operandi: Preciosidade em Salvador

Quando ouvi falar na Modus Operandi, a minha atenção foi tomada no mesmo instante pelo fato do nome ser em latim, significando “modo de operação” e o quanto as letras das músicas têm a ver com isso, até porque, eles faziam um som pós-punk/ industrial. Deste modo, explorando um universo nunca visto antes em Salvador; a banda formou-se em 1996 e sobrevive ainda nos dias de hoje, com mais um trabalho sendo produzido para ser lançado em breve, o que está me deixando com altas expectativas.

Sintetizador, contrabaixo, bateria, furadeiras, chapas de metal, entre outros efeitos compõem a banda. Mas, cadê a guitarra? Esta deve ser a pergunta da maioria das pessoas acostumadas com uma boa guitarra. Porém, os maiores adoradores do instrumento, muitas vezes admitem que não é necessário, pois eles conseguem fazer um som lindo, com sua forma única de contagiar a plateia.

Não posso negar, no início achei o som meio estranho sim, mas esta estranheza não durou tanto tempo; na mesma época comecei a escutar diversas bandas do final da década de 70 e 80, e ainda vivo me batendo com sons legais a todo instante. Esses dias terminei conhecendo a francesa Opera Multi Steel, há um pouco mais de tempo foi a estadunidense Suicide, e realmente gostei, indico muito as duas bandas; e por aí sigo na ânsia de descobrir e curtir bandas não tão conhecidas assim.

Sobre os shows da Modus Operandi, é algo magnífico; uma coisa é ouvir em casa, outra é ir conferir ao vivo os caras fazendo um verdadeiro espetáculo. “Genocídio”, “Vazios” e “Khalil Gibran” com certeza são as minhas sempre mais aguardadas durante todos os shows, há uma energia especialmente incrível nelas, algo que faz você pular, ou simplesmente não ficar parado; tanto pelas letras fortes quanto pela melodia, sempre te intimidando e acalmando ao mesmo tempo.

Confira as músicas da Modus Operandi no SoundCloud: https://soundcloud.com/banda-modus-operandi

Página no Facebook: https://www.facebook.com/bandamodusoperandi/?fref=ts

Minha camisa e CDs:

13177584_1133362626727289_5735673093229531515_n

Atualização do post:

Nunca um mês foi tão movimentado na minha vida em questões de shows, quanto março de 2017. Em comemoração aos seus vinte anos de estrada, foi realizado um evento em todos os sábados do mês no Buk Porão. No primeiro dia, combinei com os caras de cantar uma música com eles (Khalil Gibran) no último dia do evento que seria com as bandas convidadas Declinium e Game Over Riverside. O fato é que, pegaram-me de surpresa e a tal participação aconteceu no penúltimo dia de evento. Segue o texto que fiz horas após o acontecimento:

Eu atribuo valor imensurável a algumas bandas ao meu redor, vejo-as de forma tão grande, que a cada show é como se não os visse há anos. É tanta admiração envolvida, tanto respeito, que ser levada inesperadamente pro microfone pelo baterista de uma dessas bandas e receber tudo isso de volta é indescritível. Fiquei nervosa, emocionada, mas nem tive tempo de chorar pra não estragar demais a música que cantei logo em seguida (previsto para acontecer apenas dia 25, última data da série de shows em março) com os loucos da Modus Operandi, que eu amo tanto quanto dezenas de bandas inglesas.
Sou muito grata a todos vocês, ídolos meus! Ontem foi lindo e próximo sábado será mais ainda.

17426001_1446043975459151_7382986799239275773_n

Em maio fiz algumas tatuagens, depois de um longo período de espera. E hoje, a Modus está nas minhas costas. Decerto, é a banda mais original de Salvador, com a melhor performance, porém como conseguem se superar tanto de um show para o outro?!

4d134943-6649-4857-83f4-b145ca180ece.jpg

Tatuagem feita por Yan Camardelli.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s