Em primeira mão: Resenha sobre o novo EP da Surrmenage

Ao contrário de um dia comum, cheguei em casa um tanto empolgada, afinal eu trazia as músicas do novíssimo EP chamado Headphoning Life do power trio soteropolitano Surrmenage, formado pelo veterano de bandas Arthur Caria (baixo e vocal), Maynard Passos (guitarra) e Mark Mesquita (bateria). Sabia que poderia esperar um som da melhor qualidade possível, pois adoro o primeiro trabalho deles intitulado Surrmenage Sessions (2009).

18360456_1223733151086194_1838335911_n18360508_1223733157752860_2021649245_n

18362648_1223735641085945_1561364874_o

Quando finalmente pus-me a escutar a primeira canção, percebi as velhas influências bem misturadas, principalmente do punk rock na melodia de Ubuntu. Que faixa! Que letra! Uma vez meu professor de filosofia do ensino médio contou sobre o significado de Ubuntu e aquele conceito de relação harmônica entre indivíduo e comunidade, de união, está bem explícito na letra, sobretudo nos versos “Competition no more, confrontation no more”.

Em Transition, entrou-se uma pegada diferente da primeira, lembrei-me do New Order e até a banda local Brincando de Deus, da década de 90. Infelizmente não peguei tal época, nasci já no final do século passado, então só ouço falar e escuto os discos dessas bandas que não estão mais na ativa. O bom é saber e ter visto, apesar de tudo, ao longo dos poucos, porém intensos anos, que existem dezenas de excelentes bandas por aqui, inclusive esta a qual tenho o prazer de dar minhas impressões neste momento.

Moonshine é aquele tipo de música a qual o refrão permanece na sua cabeça por tempo indeterminado. Mais tarde, soube que a mesma é uma regravação da X-Rated (RJ), ex-banda de Arthur. Por sua vez, Someday não deixou nada a desejar, terminei de escutar todo o novo trabalho, e passou tão rápido! Portanto, provavelmente ele irá repetir-se por incontáveis vezes até chegar a hora de eu me entregar ao sono.

Enfim, escutar o Headphoning life foi tão maravilhoso quanto passar horas encantando-se com obras de bandas como The Cure, Depeche Mode, The Smiths entre tantas outras. Recomendo muito o som, quem é fã poderá aproveitar o máximo possível, dou a minha alta garantia. Quem ainda não conhece direito, aconselho não perder a oportunidade. Como costumo dizer, atribuo valor imensurável a algumas bandas ao meu redor, elas são enormes demais para assim não serem vistas.

18405633_1223740211085488_1741245028_o

(Maynard Passos/ Arthur Caria/ Mark Mesquita)

Página no Facebook: https://www.facebook.com/surrmenage/

Para escutar o Surrmenage Sessions:

 

Anúncios

Um comentário sobre “Em primeira mão: Resenha sobre o novo EP da Surrmenage

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s